7 de outubro de 2010

Barbaridade ...

Daí que eu nem devia estar postando nada sobre isso, é uma opinião pessoal minha, mas sei lá, acho que isso é tão sério que se torna problema de saúde pública.
Tô eu nesses fóruns da vida, quando encontro um sobre gravidez na adolescência, de curiosa que sou fui ler.
Confesso que fiquei de boca aberta, meninas de, 14,15,16 anos PLANEJANDO engravidar.
Sinceramente pensei que gravidez na adolescência fosse descuido, esquecer de tomar o AC, usar a camisinha ... mas planejar ?
Eu entendo que meninas desde pequenas são treinadas pra maternidade, afinal de contas, quando pequenas brincam de boneca e casinha, enquanto os homens de carrinho e pipa, que nada tem a ver com o futuro, ou seja, desde cedinho a menina é preparada pra maternidade e responsabilidades do lar, mas filhos ???
Poxa, eu com 16 anos nem pensava em casar, muito menos em engravidar, que dirá planejado.
A vida é de cada um, cada um sabe o que faz, mas colocar um filho no mundo é algo tão sério, sempre temi engravidar mesmo depois de casada, medo de não dar conta do recado, pq encaro a maternidade como o maior dom e o maior tapa na cara da vida, do tipo “minha filha, acoooorda, você tem responsabilidades agora, tem alguém que depende única e exclusivamente de você, tem que se virar nos trinta pra dar conta de tudo e amar incondicionalmente alguém que ainda nem nasceu.”.
O mais triste de tudo é que a maioria serão mães solteiras, e se criar filho sendo casada, com o pai do lado já é difícil, que dirá solteira, ou será que elas pensam que filho é garantia de um bom relacionamento, de um casamento e de promessas de amor ?
Não critico de forma nenhuma quem é mãe solteira, ser mãe solteira é ser guerreira, mas a maioria das mães solteiras que conheço são maiores de idade, responsáveis, donas do próprio dinheiro – podem não morar sozinhas, mas arcam com as despesas que os filhos dão e trabalham. Existem excessões de responsabilidade de meninas que mesmo novinhas e mães solteiras dão um show em muita mulher mais velha - mas com disse, são excessão.
Uma menina de 14 anos (pelo menos aqui em São José dos Campos) geralmente mora com os pais, só estuda, nada de trabalhar e ainda pensa em engravidar sendo uma criança? Pra mim isso não é desejo de ser mãe, isso é irresponsabilidade.

Quando me referi a isso como um problema de saúde pública, me refiro as DST’s, pq com 14 anos a gente pensa que aquele amor é pra vida inteira, e ai faz sexo sem camisinha, a maioria das meninas é fiel, e fica com um parceiro só, mas será que um menino nessa idade, ou sei lá, com seus 18 anos é fiel a parceira ? Pior que isso, será que ele usa camisinha se trair a namoradinha ?
Nessa brincadeira ele pega alguma pereba, passa essa pereba pra namoradinha que a essas alturas do campeonato está grávida e o coitado do bebê (que nem pediu pra estar nessa história ) pode pagar o pato com seqüelas dessa DST, e a coisa vira um ciclo vicioso.

Me revolta esse tipo de coisa, pq penso que se hoje tá assim, e quando meu bebê estiver com essa idade? Me dá rugas só de começar a pensar ‼

Acho que a garotada confunde liberdade com libertinagem e ai a coisa vira essa baderna toda, mas a pergunta que não quer calar é: Cadê os pais dessas meninas que não estão vendo isso ?

Posso estar sendo totalmente retrô, mas meninas de 14 anos não poderiam estar fazendo sexo, aliás, vejo como incentivo uma escola ensinar uma classe de 8ª série a como colocar camisinha e como se prevenir de uma gravidez indesejada, acho que o certo é dizer que é errado, que uma criança nessa idade não tem condições físicas nem psicológicas de fazer sexo – que dirá engravidar ...
Massss , isso tudo é culpa da mídia, que sexualiza menininhas de 6 anos, fazendo com que se vistam e se comportem como mulheres quando na verdade deveriam ser incentivadas a ser crianças em sua mais pura essência.

O mundo tá perdido mesmo.

Se alguém se sentir ofendido, perdão, mas aqui é meu espaço e eu não poderia deixar de falar da minha indignação em ver uma barbárie dessas.

__________

Mais tarde eu volto pra responder os comentários e ler os blogs de vocês, pq o serviço de casa parou quando sentei nessa cadeira e preciso terminar antes que o dilúvio aconteça.

.

8 comentários:

  1. Ju, eu concordo com você.
    As vezes me acho antiquada, não acho normal meninas com 14 anos namorando, agarrada nos muros da escola. Nessa idade eu ainda brancava de boneca rsrsrs.
    Tudo hoje parece tão normal, engravidar precocemente, sexo antes de conhecer o funcionamento do proprio corpo. Muitos não terminaram nem o primeiro grau, nem trabaham ainda para ter seu proprio sustento e já estão engravidando. Isto é pura irresponsabilidade, não é planejamento. Planejar é diferente, penso eu que é estudar, se formar, arrumar um emprego, namorar, noivar casar, e assim o dois (pai e mâe) planejam um filho.
    Mas hoje está tudo mudando e por pensar assim todo mundo se acomoda e aceita coisas deste tipo.
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Amiga, concordo 100% com vc!
    Hoje tá tudo tão liberal, que as pessoas estão perdendo a refeência de família!Me lembro que na minha época de 15 anos eu já conhecia meninas que engravidavam por querer, só pra acompanhar a amiga que tmb estava grávida, um absurdoooo!!!!! Depois jogam os filhos no mundo, esperando que a sociedade os eduque!
    E agente aqui, planejando, querendo tanto um filho, amando-o mesmo sem ele existir ainda..é um desaforo né?
    Bjinhos!

    ResponderExcluir
  3. Essas meninas pulam uma etapa importante da vida... é triste.... Você já viu o programa Grávida aos 16 que passa na MTV? Fala exatamente disso... conta as histórias e tal... e como não é aqui no Brasil... a maioria encaminha pra adoção... bjs

    ResponderExcluir
  4. Para que não haja arrempedimentos e frustações o ideal é não pular as fases da vida neh?
    E eu ainda me acho nova para ser mãe... mas ao menos já me formei, casei, dei entrada no apê...
    Tudo tem uma ordem natural, hoje essas meninas pensam assim, mas depois quando perceberem que todos estão à frente e ela ainda ali, estagnada, vão sofrer. E o pior é a vida desse novo ser: num lar ser estrutura, ás vezes nasce num lugar que nem é lar...
    Não vou generalizar, mas na grande maioria dos casos não é muito viável nem muito feliz essa decisão de ser mãe tão nova.

    ResponderExcluir
  5. Jú, tiro o chapéu pra vc. Vc disse tudo, nem uma vírgula a mais, nem a menos.
    Eu e meu esposo trabalhamos com muitos adolescentes na igreja e quem diria: temos problemas com isso tb, não com o fato da gravidez, mas, por sermos evangélicos, cremos que o sexo é algo sagrado para ser feito entre o casal casado perante as leis dos homens e de Deus... mas a mídia, a escola e tantas coisas mais tem feito a cabeça desses adolescentes e tem atingido mesmo aqueles que estão na igreja. Meu coração fica apertado pq eles correm grande riscos com isso e o pior, desagradam a Deus.
    Como futuros pais que somos, devemos preservar nossos filhos, devemos ensiná-los a viver uma fase de cada vez, devemos instruí-los quanto ao certo e o errado e cuidar deles. São nosso maior tesouro.
    Parabéns pelo post.
    Bjsss

    ResponderExcluir
  6. Oi, Ju!!
    Acho um absurdo querer engravidar tão cedo. Cada vez mais as crianças tornam-se adolescentes. É muito comum ver meninas de 9 ou 10 anos e seus peitos já estão grandinhos. Acho uma delícia sexo e sou super a favor de namorar, se conhecer, beijar e até transar, por que não? O problema é que hoje tudo é banalizado. As pessoas vivem a vida das novelas e filmes borboletinhas. Parabéns pelo post. SOube tocar em um assunto polêmico, dando seu ponto de vista mas sem excesso de moralização. Parabpens!

    ResponderExcluir
  7. Ju super concordo.
    Acho um absurdo começar a vida sexual tão cedo, e planejar gravidez??? Eu casei virgem e mesmo um ano e meio depois de casada não pretendo engravidar pois sei das responsabilidades que isso acarreta, não é um brinquedinho, é uma vida!
    Enfim, a tendência é piorar devido a banalização do sexo que cada vez esta pior.
    Otimo post
    beijos

    ResponderExcluir
  8. Oi amada!!! Estou de endereço novo... não teve jeito, meu blog pifou mesmo... Te espero por lá...

    Não esquece de mudar o endereço aí na sua listinha de blogs: http://blogprincesaarainhadolar.blogspot.com/

    Beijinhos....

    ResponderExcluir

Comente e faça uma blogueira feliz!

 

.De princesa encantada a rainha do lar... 2013 Desenvolvido por Frufruzando | Todos os direitos reservados, proibida qualquer tipo de cópia!