1 de março de 2011

Nós três - Eu, Yasmin e a amamentação!

Daí que tente imaginar a cena:
“Três e meia da manhã, de sexta pra sábado, você em uma maternidade com alojamento conjunto e um bebê chorando de fome e seu leite simplesmente não desceu, só tem aquela “aguinha” rala que sai com muito esforço e sacrifício.

Nove horas da manhã do mesmo dia, seu bebê que antes chorava de fome - cinco horas e meia depois - se esgoela a plenos pulmões, ficando vermelho até a sola dos pés, você se dirige ao posto de enfermagem dizendo que seu filho tem fome e o máximo que elas fazem é te acompanhar até o quarto e ver se a pega do bebê está correta, pq a princípio aquela “aguinha” é leite e TEM que sustentar o bebê!
E pra completar o desespero pedem que você tenha paciência, pq não podem complementar já que não há prescrição do pediatra pra isso.”
Imaginou a cena?
Imaginou meu desespero?
Então, meu primeiro contato com a amamentação foi esse, Yasmin sugou meu seio até não poder mais, até berrar a plenos pulmões, até rachar tudo e destruir o bico do meu seio.
Depois que a enfermeira saiu, insisti mais uma vez em oferecer à ela o seio já machucado, mas não adiantou e novamente ela chorou de fome e dormiu – com fome, sem ganhar complemento nenhum!
Não chorei por pouco, não queria passar pra ela toda tristeza e frustração que estava sentindo, engoli o choro e a apertei forte nos braços, me sentindo a pior mãe do mundo.
No mesmo dia eu tive alta, cheguei em casa cabisbaixa, eu pensei que a amamentação era tão simples, achei que era só por o peito na boca da criança e a mágica aconteceria, hahaha – ledo engano!
Chegamos em casa as três da tarde, e minha filha chorou, minha filha tinha fome, e meu coração ficou apertado em não poder oferecer pra ela o que dizem ser o melhor e mais completo alimento pra ela, que é o raio do leite materno!
Olhei pra lata de NAN que ganhamos quando ainda estava grávida, e não pensei duas vezes em ir olhar as instruções de uso, preparei a fórmula e ofereci pra ela, que mamou imediatamente mais de 50mls.
Na primeira sugada meu coração se partiu, pude ouvir o som do leite batendo no estômago, e fez “blof blof”, juro que queria cavar um buraco e me enterrar lá dentro.

Pablo ficou com pena de mim, e foi na farmácia comprar uma bombinha de tirar leite e um bico de silicone pra ver se o estrago seria menor.
Tentamos, e estamos a tentar todos os dias, e o que consigo tirar do meu seio é o equivalente a menos que uma colher de sopa.

O que eu tenho oferecido pra ela todos os dias desde que chegamos em casa é NAN, sempre que ela sente fome coloco pra sugar o seio e ofereço o complemento depois, e sim, ela mama bem uns 50mls do LA.

Sinceramente?
Me dói saber que a amamentação está sendo dificultosa pra nós, mas no fim das contas eu não quero saber se o leite que vai saciar a fome da minha pequenininha vem do peito, da vaquinha, da latinha, pra mim o que importa é ela estar saciada, com a barriga cheia e poder dormir sem sentir a dor da fome – pq fome dói sim, e em RN dói mais do que em nós que sabemos controlar as coisas – pq um ser humano com fome não é um ser humano livre.

Estou insistindo em amamentar, mesmo que meus seios fiquem doloridos e que eu morra de vontade de sair correndo a cada sugada que ela dá, e vou insistir até onde agüentar, mas se ontem eu não criticaria uma mãe que dá LA pro filho, hoje eu critico muito menos, pq das dores que uma mãe pode sentir pelo filho a que mais machuca é vê-lo com fome e “não poder” fazer nada.

Enfim meninas, estou insistindo, estou tentando, e daqui a pouco lá vou eu oferecer o peito pra ela e complementar com NAN novamente, e não está sendo fácil – aliás, ninguém nunca me disse que seria fácil – mas jamais imaginei que iria ter essa dificuldade, e acho que a pressão exercida pelos veículos de comunicação, governo, super mães extremistas e tudo isso que eu nem preciso mencionar fazem com que a gente se sinta impotente e incapaz como mãe, em não oferecer algo que é natural e que dizem ser o melhor alimento do mundo.

Me sinto culpada em alguns momentos, aliás, mãe é um bichinho cheio de culpa por natureza né?
Mas quando esses pensamentos negativos vem na minha cabeça, eu trato de espantá-los, afinal de contas, não sou mais mãe ou menos mãe que ninguém só pq não consigo amamentar 100%.

Perguntinha pras meninas que já são mães: Vocês tiveram essa dificuldade? Como foi ?

Tô aceitando sugestões, histórias de ânimo, mas nada de histórias tristes e que me coloquem mais pra baixo do que já estou em relação a isso!

Ahh, em breve farei um post sobre a adaptação da Marie com a irmãzinha!

Super beijo à todas

Ju

19 comentários:

  1. Oii,fica calma, que todo começo é assim difícil!Procure um banco de leite na sua cidade que lá tem pessoas especializadas, e vão poder te ajudar melhor! Se tiver que dar LA dê e pronto, mas deixe ela sugar o máximo seu peito prá ajudar a descer e estimular a produção de leite. Ah,tome muuuuito liquido, isso aumenta mto a produção de leite, se teu peito tiver muito duro, cheio de leite é bom fazer compressas de paninho gelado, e se tiver com pouco leite, deixe agua morna do chuveiro correr no peito mesmo. Tome banho de sol para cicatrizar, e ajuda viu, deixa o peito bem mais forte(mamilo pro sol já)! Eu tomei um chá da mamãe da weleda que ajuda a aumentar o leite! E FIQUE CALMA, QUE ISSO AJUDA TAMBÉM!vai dar tdo certo! super beijos para vocÊs

    ResponderExcluir
  2. Ju, passei por EXATAMENTE a mesma coisa! Sem tirar nem por! E fala sério... tem maior dor no coração do que ver elas tomando o complemento como se o mundo fosse acabar? Eu sinto vontade de chorar até hoje!
    Olha, insista mais um pouco sim. O meu leite só desceu mesmo com 5 dias e mesmo assim era pouco. Complementei as mamadas TODAS até ela ter 1 mês!

    Eu fiz um post na época com a intenção de ajudar mamães que passassem por isso! Veja se te ajuda:
    http://cartasparaolivialer.blogspot.com/2010/09/o-outro-lado-da-amamentacao.html

    E bola pra frente que o importante é matar a fome, não interessa com qual leite né?

    ResponderExcluir
  3. Ju, eu espero poder ajudar! Como Maria Eduarda ficou na UTI, tive que ir todos os dias à coleta de leite na maternidade. As enfermeiras tiravam com bombinha e doia de sair lágrima. Eu levava os poucos ml que saiam pra uti pra que ela pudesse tomar, ao menos, um pouco do meu leite.

    Isso ajudou pq no final, eu já estava acostumada com a dor e não tive fissuras, nem nada.

    Mas quando cheguei em casa, senti que estava com pouco leite, pois ela mamava muito. E lá vão as dicas:

    Tomo tintura de algodoeiro 3 x ao dia após as refeiçoes. Vende em casa de remédio natural.

    Comer doce ajuda. Caldo de cana também.

    Tomar muito suco e água, mesmo sem sede.

    Agora sobre seio machucado, vc pode usar massê da johnson.

    Espero ajudá-la.
    bjs

    ResponderExcluir
  4. Querida amiga Júlia minha história de amamentação foi igual a tua... eu não tinha leite e com tres dias de vida Pedro começou como Nan... cheguei a ficar um dia inteirinho sem oferecer o peito.. me sentia triste.. frustada... mas como meu sonho sempre foi amamentar dava o peito e em seguida o complemento... até q aos poucos com um mês mais ou menos Pedro passou a recusar a mamadeira e eu quase tive um treco achando que ele estava passando fome... com dois meses largou de vez e continua firme e forte até hoje com um ano e um mês no peitão... muitas vezes escuto a seguinte pergunta: "E vc ainda tem muito leite??" eu respondo sim... mas eu NUNCA tive muuuuuuuuito leite e por "burrice", não por falta de informação passei a oferecer só o peito esquerdo (Júlia não faça isso)... e o Pedro nunca teve nada, nunca ficou doente... o pediatra até brincava dizendo imagina se mamasse nos dois...
    Então minha amiga, calma, muita calma... continue com o complemento, mas insista com o peito... vai ver... o meu leite demorou mais de 45 (quarenta e cinco dias) pra vim, antes tb tirava com a bombinha e era 10 ml, qdo muito 20 ml...
    Amiga uma coisa q meu ginecologista me receitou p/ aumentar a produção de leite foi Plasil, e funcionava, converse com sua ginecologista... é só uma dica... que pra mim deu certo....
    Beijão grande e qualquer coisa que precisar estou aqui...
    Clau

    ResponderExcluir
  5. Florzinha, eu me emocionei com suas palavras, mas olha, como vc disse, não tem de se importar com de onde vem e sim que vc faz isso de coração, dar o alimento dela para o bem dela, não se julgue jamais por essa decisão. Sobre dicas, eu não sou a melhor pessoa, pra mim foi como vc achava que era, coloquei no peito e pronto, mas meu leite "o leite" mesmo desceu em 3 dias, até lá ela mamou essa aguinha, enfim, ouço falar sobre plasil e alguns outros remedios que ajudam a produzir o leite, fale com seu médico. acho justo a atitude que vc tomou, e sim, a enfermeira estava certa, tenha paciência, mas tenha coração tbm, jamais que veremos nossos bebês com fome e chorando e ficaremos de braços cruzados, não são filhos delas...
    espero que o leitinho desça loguinho, continue como vc esta fazendo, jajá vc não precisará do nan!!
    bjãooo pra essa familia liiiinda!!!

    ResponderExcluir
  6. Oi Júlia!!
    Daí que reviví todo meu pós-parto com suas palavras.Minha filhinha estava pélvica por isso(mesmo morrendo de medo)tive que fazer uma cesária,na cirurgia foi tudo tranquilo e a recuperação foi ótima(muito melhor do que eu sonhava)assim como Vc não entrei em TP e acredito que isso tenha contribuído e muito para a demora do leite em descer!Mas brinco que a dor que eu sentí em não conseguir amamentar minha filha foi muito pior que a dor de parto,rsrsrsr.Mas tivemos um final feliz!!Eu insistí e muito com o peito,meus seios racharam tbém...Minha pequena não estava tendo a pega correta,o reflexo dela de mamar era bem lá no fundo da boquinha,já quase na garganta e ela sugava no começo só na pontinha dos seios,daí que ela não mamava e meus seios machucavam muito!Não vou mentir pra Vc,demorou quase 15 dias pra nós duas nos adaptarmos,mas depois desses dias tudo foi ficando mais fácil,até mais praseroso!O que me ajudou muito foi amamentar sozinha no meu cantinho,(sem a pressão de todo mundo no teu ouvido dizendo o que fazer)tomei muita água,muito chá,quando eu pensava que não iria conseguir ia tomar um banho quentinho,massageava bastante os seios e mais calma voltava pra amamentá-la.Hoje minha pequena tem 2 anos e estou fazendo o desmame agora!Então não desista,Vc vai conseguir com toda certeza!
    Bjusssss.
    Adriana.

    ResponderExcluir
  7. Oi Flor!
    Não teho dicas pra te dar, pois ainda não passei por esse momento, e confesso que tbém achava que amamentar seria simples mas, tenho visto vários posts que mostram o contrário, que temos que ter muita determinação e paciência e mesmo assim, muitas vezes temos que recorrer a outros meios. Mas o importante é o bem estar dos nossos pequenos né!?
    Boa sorte!!!
    Bjus!!!

    ResponderExcluir
  8. Ju do céu, eu ouvi exatemente isso na maternidade tb!!!!!!!!!!!! parece q fui eu q escrevi esse texto acima...rs
    Ju, paciencia é msm a alma do negocio. Mas nao é facil, ate hj pra mim nao é! Hj o leite vem, mas nao em litros como eu gostaria e a anna ainda chora as vezes de fome e eu nao posso dar nada!
    É complicado demais amamentar principalmente no começo. A gente se descabela e tudo mais!
    Mas o tempo vai te mostrar q pelo menos fica mais facil viu! Fica mesmo!

    Bjoooos

    ResponderExcluir
  9. Oi Júlia,
    Tenho uma menininha de 4 meses e meio, e passei por situação dificultosa com a amamentação... No hospital minha filha não pegava meu seio de jeito nenhum e se esgoelava de fome, no meu caso eu tinha muito leite, o peito tava cheião e ela não pegava de jeito nenhum, as enfermeiras diziam que la tinha reserva de gordura e por isso não mamava, mas minha intuição dizia que era fome aquele choro, 2 dias se passaram e nada dela mamar, pedi que dessem complemento a ela, e pra minha decepção ela tomou 40 ml e dormiu tranquila, era fome mesmo! Mas ela não pegava meu peito de jeito nenhum, até que uma enfermeira sugeriu que tentassemos com o bico de silicone, e ela pegou e mamou, sempre tentei tirar o bico de silicone e tentar dar direto mas ela nunca aceitou... Hoje meu suplemento de leite diminuiu e tenho que dar Nan algumas vezes por dia.
    Fique tranquila, o importante é sua filha ser alimentada, e mesmo que saia uma colher de leite do seu peito, dê a ela,pois esse pouquinho ja tem o anticorpo que ela precisa.
    Bjs

    ResponderExcluir
  10. Oi Ju! Tenho que concordar com a Mih Fernandes, ainda não passei por esse momento e é difícil dizer qualquer coisa por isso. Mas ao contrário de você, faz algum tempo que leio blogs de mamães de primeira viagem e relatos de amamentação, e o que tenho visto são mães que tem a sorte de o bebê magicamente saber pegar o seio, além de o leite estar sempre disponível, e as mães que tem várias dificuldades, desde empedramento até a tal da mastite (está certo?). Desde então aprendi que existe uma boa explicação para uma mulher recortar suas blusas com dois buracos no lugar dos mamilos, aprendi que existem bombas para tirar leite, e aprendi que existem enfermeiras que são grosseiras e desatenciosas num momento tão importante para a mamãe e o bebê...
    Aí li outro comment acima, que fala pra você ver se tem algum banco de leite na cidade, e lembrei que aqui em Tté eu passo todo dia na frente do banco de leite, fica perto de casa. Você não acha que lá eles podem te dar umas idéias sobre amamentação? Será que eles não podem te ajudar por lá?
    Ju, boa sorte e força! continue tentando que daqui a pouco vocês conseguem e nem vão lembrar de como foi difícil no começo...

    ResponderExcluir
  11. Juuuuuuuuuu sua princesa é linda de viver. Uma boneca, nem parece recem nascida, tem rostinho de criança de 1 ou 2 meses.
    Aí amiga ainda não passei pela fase da amamentação, mas juro que achei que fosse tão simples, dá o seio e na hora o leite vem e pronto tudo resolvido como em um passe de mágica.
    Espero que logo seu leite apareca pra Yasmin se esbaldar com o leite de mamãe.
    Bjks

    ResponderExcluir
  12. Ju,

    Muitas mamães na blogsfera passaram por isso...
    Ontem mesmo li o relato da mamãe do Jaziel (esqueci qual blog) e ela relata que seu leite estava fraco e que o pedi sugeruiu alternar o leite materno com o NAN, e isso mesmo ela tendo leite viu?
    Deve ser frustrante mesmo, mas pense que muitas mamães passam por isso e o NAN foi desenvolvido para casos assim, então nada de ter culpa..

    bjo e boa sorte á vcs.

    ResponderExcluir
  13. Ai Ju... eu nunca passei por isso (ainda), mas eu imagino como deve ser ver seu bebê chorando de fome... Não importa com qual leite, que ela se sacie, né?

    Um beijo linda e eu tou sempre aqui torcendo por vcs!

    ResponderExcluir
  14. Ju minha amiga, não posso contar nenhuma experiência porque não vivi nada disso. Mas posso dizer que o começo é complicado, vi muitas amigas e pacientes sofrerem com isso, então insista, porque e todas que eu vi tendo esse problema, todas tiveram um final feliz.
    E caso vc precise malimentar Mimi só no LA não preocupe, ela não vai ter nenhum problema por conta disso.
    beijinhos

    ResponderExcluir
  15. Oi Juu, minha prima ficou com o seio todo rachado por inexperiência e por falta de alguém q a orientasse e não amamentou. O filho dela é muito saudável.
    Eu nem sei se vou poder amamentar, vai depender se conseguir ficar sem o remédio ou não.
    Não fique se culpando por isso.
    A Mimi é linda e cheia de saúde.
    bjs

    ResponderExcluir
  16. Ju,
    eu consigo tirar uns 50 ml, as vezes mais, as vezes menos, mas nao achoq sejam suficientes pro uri nao. Uma vez por dia ele toma complemento, pra dar uma reforcada...
    Mas nao vamos perder a fe, vamos continuar oferecendo o peito SEMPRE e uma hora a coisa deslancha. Olha qta historia de sucesso nos teus comments! O q deixa a gente agoniada eh saber q tem gente q tira de letra, e de promeira, ne? Ai a gente se acha uma porcaria de mae!! sei bem como eh.

    Ju, minha mae chegou sim! AMEI o sachezinho e o cartao! Q coisas mais fofas! Obrigada, querida!! Agradeca a tua mae tbem!!

    Beijosssss

    ResponderExcluir
  17. Juuu, não entendo nada disso
    Mas minha mamãe disse que ela teve mta dificuldade quando teve meu irmão, mesmo problema que vc está enfrentando hoje.
    Ela disse que fazia a estimulação, deixando meu irmão sugar.
    Demorou 4/5 dias para ela conseguir ter leite mesmo.
    Ela disse que fez compressinhas igual uma amiga sua comentou ae em cima. Faça
    Tome muita agua...
    Eu não sei se existe alimentos que possam ajudar na produção de leite.

    Vai dar tudo certo flor \o/
    Confie em Deus...

    Bjs
    Lu

    Bookaholic Fairy

    ResponderExcluir
  18. Não se sinta culpada. Pelo seu relato vc ainda tenta oferecer o seio. Continue tentando, mas se não conseguir, saiba q vc fez o possivel.

    ResponderExcluir
  19. Oi, Ju!
    Você não me conhece, mas eu estava buscando na Internet "aumento de leite para amamentação e achei seu comentário. Estou passando por uma situação parecida com a sua e provavelmente com a de muitas mamães da face da terra. O que eu vejo é que as pessoas nos fazem as piores mães do mundo de não tem leite o suficiente, de tem que dar complemento, etc. E isso é triste, porque tem mamães que preferem deixar o filho com fome a dar o complemento. E aí eu pergunto: o que é mais importante? Não é o bem estar de nosso filhote? Bom, é logico que ê importante o leite materno, mas se não temos leite suficiente, temos que complementar... Fazer o que, não é? Graças a Deus existe um complemento que podemos dar! Passar fome, meu filhote não vai passar! E a época da Inquisição já passou! Nao podemos nos sentir culpadas e nao somos péssimas mães por causa disso. Somos mulheres inteligentes, que oferecemos o melhor que podemos oferecer. E de isso for um complemento de Nan, paciência. O importante é o pimpolho crescer e se alimentar. Quanto às dicas de nossas amigas acima, todas elas sao validas. Eu mesmo estou tomando o chá da Welleda que é maravilhoso! Outra coisa importante é o descanso e não ficar estreasses porque o seu leite não vem. Relaxe! Mãe feliz é filho feliz e muito leite na mama!!!! Beijos!

    ResponderExcluir

Comente e faça uma blogueira feliz!

 

.De princesa encantada a rainha do lar... 2013 Desenvolvido por Frufruzando | Todos os direitos reservados, proibida qualquer tipo de cópia!