17 de janeiro de 2013

3 de 30



Projeto "30 coisas que meus filhos devem saber sobre mim"


#Dia 3

"Descreva sua relação com o pai de seu filho."

Sabe aquela coisa de "os opostos se atraem mas não se suportam?", pura mentira, os opostos se atraem sim, e muitas vezes como no nosso caso, se completam.

Enquanto eu sou uma pessoa sonhadora, calma, delicada, apaixonada pelo simples, pelo fofo, acredito piamente nas pessoas e na bondade alheia, o Pablo é o oposto, ele é pé no chão, é realista ao extremo, tendendo sempre ao pessimismo, em todas as situações por mais difíceis que sejam eu sempre vejo metade do copo cheio, sempre penso que há alguém em uma situação pior que a minha, e que sim, eu vou tirar algo de proveitoso dali aqui um tempo.

De mãos dadas comigo eu tenho o Pablo, sempre com um pé atrás com as pessoas, confia desconfiando, se irrita fácil, é organizado ao extremo, mas é engraçado, me entende, não me julga, não me culpa, me mostra as coisas por outro ângulo e ao longo do período que estamos juntos me fez enxergar além do presente, ter visão futurista e me mostra que nem todo mundo é bonzinho como eu costumo pensar.

Funciona como uma balança, a calmaria de um ninando a loucura do outro, tudo apoiado em uma relação que tem acima de tudo três coisas, a amizade, o companheirismo e o respeito.

Não consigo imaginar uma relação saudável que não se baseie nisso, Pablo é companheiro, é protetor, e é amigo, é meu melhor amigo, pra quem eu confidencio tudo, e que me ensina muita coisa.

Sim, as vezes temos alguns pensamentos diferentes, e o legal é que um mostra pro outro seu ponto de vista, um se faz entender para o outro, e nos respeitamos assim, brigas? Sim, as vezes uma palavra sai torta, um acorda com o pé esquerdo e quer passar um tempo mais sozinho, mas jamais dormimos em camas separadas, nunca fomos dormir sem conversar, as pendências do dia resolvemos no dia, resolvemos o hoje hoje, e o amanhã faremos diferente.

Queridos, se me permitem um conselho é esse, nunca durmam brigados com alguém que você ama, resolvam suas pendências e durmam tranquilos, o amanhã é um terreno tão incerto que a melhor coisa que podemos fazer é deixar nossos amados sempre com boas lembranças a nosso respeito, boas palavras, vai que o sol não nasça no dia seguinte? E esse pensamento quem me ensinou foi o pai de vocês.

A verdade é simples, esse relacionamento faz de mim uma pessoa melhor, não busco perfeição nenhuma, mas quero dar sempre o que há de melhor em mim para vocês amores da minha vida.


Um comentário:

  1. Isso ai, Ju! Falou e disse! sem companheirismo, nao rola mesmo!

    ResponderExcluir

Comente e faça uma blogueira feliz!

 

.De princesa encantada a rainha do lar... 2013 Desenvolvido por Frufruzando | Todos os direitos reservados, proibida qualquer tipo de cópia!